Páginas

domingo, 19 de setembro de 2010

Igreja Católica quer incorporar a seu patrimônio Colégio Gentil Bittencourt

A igreja católica entrou com uma ação na Justiça para tentar incorporar a seu patrimônio, com base da Lei do Usucapião, o imóvel cedido pelo Estado e ocupado há 206 anos pelo Colégio Gentil Bittencourt. A ação patrocinada por um escritório de fora do Pará e a autoria da Associação Beneficente Filhas de Santana, mantenedora do colégio no prédio educacional mais antigo do Brasil, construído na época áurea da borracha, em Nazaré, o metro quadrado mais caro de Belém. A PGE, notificada da ação reagirá com petição alertando que não á usucapião em imóvel público.

Nenhum comentário: