Páginas

domingo, 12 de setembro de 2010

Norte possui o maior índice de solteiros

Norte possui o maior índice de solteiros
O paraense parece mesmo não ter muita vocação para o casamento. Aliás, ficar solteiro parece ser uma opção entre homens e mulheres que moram na região Norte. Pelo menos foi isso o que mostrou a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada na semana passada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo os resultados, a região Norte apresenta o maior índice nacional de pessoas solteiras em sua população acima de 15 anos de idade: 58% contra 35% de casados. No Pará, são 59,8% de solteiros contra 33,7% de casados. Os separados somam 2,5% e os viúvos 4%. Mas é no Amapá que está a maior concentração de solteiros do país: 63,9%.

Solteiros superam casados também na região Nordeste (47% contra 43%) e no Centro-Oeste (45% contra 43%). Mas no Rio Grande do Norte o povo parece ser bem “casadoiro”, já que a proporção de pessoas solteiras é a menor do Brasil: 25,2% .

Já o Sudeste se destaca pela maior presença de divorciados, desquitados, judicialmente separados ou viúvos. Em termos gerais, cerca de metade dos brasileiros que já encerraram um casamento ou cujo cônjuge morreu estão no Sudeste. O primeiro grupo representa 6,4% da população regional, enquanto o segundo compõe 6,6% - os maiores índices do país, nos dois casos. O Estado com maior proporção de viúvos é o Rio de Janeiro (8%).

Na região Sul está a maior proporção de casados do país. São 50%, doze pontos percentuais a mais do que os solteiros na região. Em Santa Catarina está a maior proporção de casados do país: 56,1%. Proporção de separados (5,9%) e viúvos (6,4%) está acima da média do país (5,4% e 5,9%, respectivamente).

Considerando o estado civil da população por grupos de idade e por sexo, observa-se que a presença de mulheres viúvas é maior do que a de homens viúvos. Em números absolutos, a relação é de quase cinco viúvas para cada viúvo.De acordo com o Pnad, este resultado é uma consequência da maior expectativa de vida das mulheres, uma diferença que também se manifesta em outros indicadores.

Nas faixas etárias entre 15 e 29 anos, a maioria dos homens brasileiros são solteiros. Em todas as faixas etárias seguintes, a maior parte dos homens são casados. Entre homens com mais de 70 anos, cerca de 70% são casados e 20% são viúvos. Assim como no índice masculino, a maioria das mulheres até 29 anos são solteiras. As casadas são maioria nas faixas entre 25 e 64 anos. Entre mulheres com mais de 70 anos, aproximadamente 30% são casadas e 60% são viúvas. (Diário do Pará)

Nenhum comentário: