Páginas

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

O vergonhoso reajuste salarial dos deputados paraenses

Assistimos nos últimos dias uma verdadeira batalha pelo aumento real do salário mínimo, que deixou Governo e Oposição com os ânimos exaltados, mas ao mesmo tempo em que se discutia aumento de R$ 5 ou R$ 15,00 para os trabalhadores assalariados brasileiros, os vereadores da Câmera Municipal de São Paulo decidiram devolver a diferença salarial, referente ao reajuste superior a 60% aprovado em janeiro deste ano, em que alavancava de R$ 9,2 mil para R$ 15.031,76 os novos salários. Mas pelos visto o bom exemplo não deve contagiar o restante do Brasil, e pelas bandas de cá, no fim do mês de fevereiro os deputados da 17ª legislatura da Assembléia Legislativa do Estado do Pará já vão receber seus salários reajustados dos antigos R$ 12 mil para R$ 20 mil. Com o novo reajuste salarial dos 41 deputados paraenses, a AL deverá desembolsar R$ 3,9 milhões ao ano. O aumento ocorre com base no decreto legislativo aprovado no último dia 10. Um assalto aos cofres públicos, em um estado onde os professores têm o menor salário de todo o Brasil.

Nenhum comentário: