Páginas

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Professores são feitos reféns em Escola Pública no centro de Belém

No inicio da tarde de hoje (02), dois homens armados invadiram a Escola Estadual Ulysses Guimarães, localizada na Av. Gov. José Malcher, no centro de Belém, após entrar na escola, que não possui nenhum controle de entrada e saída, os assaltantes se dirigiram a sala dos professores, onde cerca de 10 docentes foram assaltados e feitos por 30 minutos de reféns. Câmeras digitais, celulares, Notebooks, dinheiro e jóias foram levados.
No momento do assaltado nenhum aluno encontrava-se na escola, pois nesta semana os professores estão finalizando a correção da ultima avaliação anual.
De acordo com informações da 2ª ZPol (Zona de Policiamento), a diretora da instituição, Flaviana Couto, tomou as providências que o caso requer, como o encaminhamento dos professores para o registro do boletim de ocorrência e abertura de inquérito policial para investigar o caso.

Tudo como dantes
Esta não é a primeira vez que a Escola Ulysses Guimarães é invadida por assaltantes armados, no fim do ano de 2010, dois assaltantes armados invadiram a escola no momento da entrada dos alunos do turno da manhã, cerca de 250 alunos presenciaram o assalto de um funcionário da escola. O funcionário encontra-se de beneficio, pois não se recuperou do trauma e não voltará mais para a escola. Não tem porteiros, ronda escolar e a terceirizada realiza um péssimo serviço, até quando? Será necessária uma vítima fatal para que se tomem providencias?

Um comentário:

Anônimo disse...

E olha que as denúncias de insegurança nessa escola são diversas..Cadê a Seduc? Boxe da polícia Militar é a solução?