Páginas

domingo, 27 de março de 2011

Mulher é presa em Belém acusada de forjar o sequestro da própria filha


Um grupo de sete pessoas foi preso neste sábado (26) em Belém (PA), acusado de forjar o sequestro de uma menina de dois anos. Segundo informações da Globo News, a mãe da criança está entre os sequestadores e seria ela quem planejou o golpe. Ela e o resto da quadrilha já se encontram presos neste domingo (27) em presídios da região metropolitana da capital paraense.
De acordo com investigações da Polícia Civil e o Departamento de Inteligência do Sistema Prisional do Estado do Pará, os pais da menina tinha se divorciado recentemente e a mãe não receberia nenhum bem, por isso a simulação do sequestro, em que exigia R$ 250 mil de resgate.
Em depoimento, Bruna Cristina de Abreu confirmou a história e afirmou que "fez tudo por não amor, não pelo dinheiro". "A gente estava brigado e eu estava de cabeça quente, só isso".
O delegado Ivanildo Pereira dos Santos, da Divisão de Repressão ao crime Organizado (DRCO), nega a declaração da mãe e diz que em todo o momento a quadrilha teve interesse exclusivo pelo dinheiro. "Não tinha nade de questão passional, isso foi apenas um pretexto, até porque ela já está pensando lá na frente em uma forma de atenuar a pena de atenuar a sua pena".
A mãe o grupo, quem inclui uma adolescente de 16 anos, irá responder por  formação de quadrilha e extorsão mediante sequestro. (G1)

Nenhum comentário: