Páginas

segunda-feira, 7 de março de 2011

Sidney Rosa não cai!

“Tenho 500 funcionários na minha empresa em Paragominas e nunca tive nenhuma ação trabalhista contra mim. O caso da fazenda da minha família no Maranhão já foi resolvido pela Justiça do Trabalho daquele Estado, onde ganhei por unanimidade. A Justiça entendeu que não houve trabalho escravo. A sentença fala em trabalho degradante e por isso o caso foi parar na Justiça Federal. Até ação por indenização eu ganhei. Houve apenas multa de R$ 10 mil a ser recolhida para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT)”.

Nenhum comentário: