Páginas

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Mulher permitia estupro de filhas no Pará, diz polícia

Uma mulher de 40 anos está presa em Ananindeua (PA), na região metropolitana de Belém, suspeita de explorar sexualmente suas filhas. 
Segundo a Polícia Civil, as meninas têm entre 8 e 12 anos e desde fevereiro eram mandadas pela mãe à casa do aposentado Guilherme Lobo dos Santos, 73, na zona rural do município de Maracanã (a 168 km da capital paraense). 
Em troca, ele dava alimento e dinheiro para a família, ainda conforme a polícia.
A Polícia Civil afirmou que eram quatro meninas. Segundo o escrivão Hélio Araújo, da delegacia de Maracanã, eram três. 
A mãe das meninas, Benedita da Costa Pinto, 40, e o aposentado foram presos preventivamente no dia 29, após serem denunciados ao Conselho Tutelar da cidade. Santos responde pelo crime de estupro de vulnerável e está preso no presídio Americano, em Santa Izabel do Pará, segundo o escrivão. 
Ele não soube informar se os dois têm advogado. Santos disse que há mais um caso semelhante na cidade, envolvendo três meninas, de 5 a 12 anos. A polícia já tem mandado de prisão para os responsáveis.(Folha.com)

Nenhum comentário: