Páginas

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Decretada prisão preventiva de delegado de Gurupá

O juiz Aidison Campos Sousa, da Comarca de Gurupá, em despacho em ação movida pelo Ministério Público estadual, decretou a prisão preventiva do delegado de Polícia Civil no município, Gilson José da Gama Costa. O órgão ministerial acusa o delegado de prática de crime de concussão, já que teria cobrado a quantia de R$ 200 de Raimundo Pires Serra para “abafar” a apuração de crime que teria sido praticado por seu filho, Hermerson Pantoja Serra.
Além de decretar a prisão preventiva, o magistrado determinou a citação do delegado para se manifestar no processo por escrito no prazo de 10 dias, bem como o encaminhamento de cópias dos autos à Delegacia de Polícia, para fins de abertura de inquérito policial, considerando as evidências de crimes funcionais que teriam sido praticados pelo delegado representado. (Com informações de TJE)

Nenhum comentário: