Páginas

domingo, 26 de junho de 2011

Hackers exibem dados do MPF, IBGE e invadem site da prefeitura deBelém

Um grupo de hackers realizou novos ataques a sites de entidades ligadas ao poder público na noite deste sábado. O grupo, que se intitula o braço brasileiro do LulzSec, divulgou na conta do Twitter @LulzSec_BR invasões nos sites do IBGE, Ministério Público Federal do Rio Grande do Sul (MPF-RS) e da prefeitura de Belém do Pará, na noite deste sábado.
Nos links do IBGE e do MPF-RS era possível vasculhar documentos que estariam hospedados nos servidores destes órgãos. No site da prefeitura de Belém foram incluídas mensagens que falavam sobre a invasão.
"Mais um site hackeado esse!!! (...) Eu posso vc pode venha conosco, bem vindos ao nosso mundo um mundo de dados, um mundo de vulnerabilidades.... fantasminha"v (sic), dizia a mensagem divulgada no site paraense. Sites de veículos de comunicação também teriam sido invadidos.
Ainda na noite de hoje, o mesmo grupo afirmou ter havia derrubado as páginas de sites dos ministérios da Cultura, Saúde, da Presidência da República e do Superior Tribunal de Justiça (STJ) deixando as páginas indisponíveis.
No entanto, outro grupo que se diz o verdadeiro braço brasileiros do LulzSec, o LulzSecBrazil, que teria realizado os primeiros ataques contra sites governamentais brasileiros no decorrer da semana, divulgou que o grupo que realizou os ataques na noite é um impostor. "LULZSEC BR são impostores que querem aparecer nosso objetivo nao e isso. Queremos e Vamos mostra a verdade! Nos Somos o povo! E NAO A MIDIA" (sic), postou o grupo em ato de protesto no Twitter.
Entenda o caso
Na quarta-feira (22), sites do governo brasileiro saíram do ar por causa de ataques assumidos pelo LulzSecBrazil, o braço brasileiro de um grupo internacional da hackers. Foram alvo os sites da Presidência da República, do governo federal, da Previdência, da Petrobras e da Receita Federal. Na quinta-feira (23), as páginas da Presidência da República, do Senado e do Ministério dos Esportes sofreram com a ação dos hackers. Eles utilizam o chamado DDoS (sigla em inglês para distributed denial-of-service, ataque distribuído de negação de serviço), que usa robôs (máquinas) em várias partes do mundo para sobrecarregar um sistema. O objetivo dessas ações não é invadir o sistema, mas sim tirar o site do ar(Terra)

Nenhum comentário: