Páginas

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Seduc anuncia programa para as provas do Enem

A apresentação do cenário atual e as ações para superar os desafios a serem enfrentados nos próximos anos pela Rede Estadual de Ensino foram as temáticas debatidas na manhã desta terça-feira (7), no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, durante a programação do I Seminário de Gestão Escolar. O secretário adjunto de ensino, professor Cláudio Ribeiro, apresentou aos diretores de escolas e gestores das Unidades “Seduc na Escola” (USE's) os programas e projetos destinados a melhorar a qualidade da educação ofertada nas escolas estaduais.
Entre as ações previstas está o Proenem, que será desenvolvido a partir do mês de agosto. O projeto ministrará aulas e realizará simulados de preparação para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), durante o período noturno e aos finais de semana, prioritariamente, para estudantes matriculados no 3º ano do Ensino Médio. Outro projeto apresentado foi o de melhoria dos resultados do Ensino Fundamental do Estado no Ideb, por meio da preparação dos estudantes para a Provinha Brasil.
O cenário é desafiador: oferta de vagas inadequadas em relação à demanda, sobretudo no ensino médio; baixo desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb); reduzida oferta de vagas na educação profissional; a necessidade de recuperação emergencial de cerca de 40% das escolas, entre outros problemas identificados ao longo dos últimos meses. Para reverter esse quadro, a Secretaria Adjunta de Ensino (Saen) conta com a colaboração de diretores de escolas e gestores de Use's.
O secretário adjunto de ensino, professor Cláudio Ribeiro, destacou a importância da participação dos gestores para o sucesso das atividades. “A gestão da educação se faz através de uma cadeia, que sai da gestão da sede da Seduc passa pelas Use's e as escolas. É importante que todos participem, unissonamente, desse processo. Todo mundo tem que entender quais são os objetivos, prioridades e quais são os problemas a serem enfrentados”, explicou Cláudio Ribeiro, acrescentando que “o papel do gestor das escolas é de suma importância porque é ele quem conhece a realidade intrínseca na qual a escola está inserida. Cada escola possui realidades bastante diferentes”.
O secretário de educação, professor Nilson Pinto, fez o encerramento do evento e destacou a participação de todos na melhoria da educação no Estado. O objetivo do Seminário foi de juntar forças e reforçar que a tarefa é coletiva, pois o “desafio de cuidar de 800 mil alunos é de nossa responsabilidade”. Oriundo da escola pública, o secretário conhece a realidade ao afirmar que a situação é difícil, mas pode melhorar. Ele destacou ainda o seminário como um evento capaz de criar uma sistemática para uma organização tão importante, com demandas e prioridades de uma secretaria, que precisam ser conhecidas. Sob este aspecto, o secretário lançou a proposta de reunir a cada dois meses para troca de informações e sugestões para melhorar a interação entre os servidores.
Os secretários adjuntos da Seduc, de Gestão, Waldeci Costa; de Logística, José Croelhas, e a coordenadora de Recursos Humanos, Maria José Brígido, apresentaram dados gerais sobre as realizações de cada área, como lotação, pagamento e esclarecimentos sobre o Plano de Cargo Carreira e Remuneração (PCCR).(Agência Pará)

Nenhum comentário: