Páginas

terça-feira, 28 de junho de 2011

UFPA promove debate sobre divisão do Pará

A divisão do Estado do Pará tem gerado polêmica e muitas dúvidas. O plebiscito que irá definir ou não a separação do atual Estado em três unidades federativas deve acontecer ainda neste ano e, até lá, será necessário abrir espaços de discussão sobre o assunto. Com essa proposta,  o Conselho Regional de Economia do Estado do Pará (Corecon-PA), em parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA), promove,  no dia 30 de junho, uma mesa-redonda com o tema “Separatismo: caminho para o desenvolvimento ou panaceia? O debate será realizado no auditório do Centro de Convenções Benedito Nunes, no campus da UFPA, em Belém, e transmitido pelo Portal da Universidade, a partir das 9h.
O evento contará com a presença do deputado federal Lira Maia, que defende a criação do Estado do Tapajós; do deputado federal Giovanni Queiroz, defensor do Estado de Carajás; e dos deputados federais Arnaldo Jordy e Zenaldo Coutinho, que estão lutando pela manutenção da integridade territorial do Pará. “Eles são, sem dúvida, os maiores expoentes do assunto e estarão neste dia, na mesma mesa, em um debate com a comunidade acadêmica e com a sociedade paraense”, frisou o presidente do Corecon-PA, Eduardo Costa.
De acordo com Eduardo Costa, a ideia do evento é colocar em pauta todas as dúvidas que ainda pairam sobre o tema, como: Por que dividir o Pará? Quais são os argumentos favoráveis e contrários à divisão? A quem interessa a separação? Ela será benéfica para os três Estados? Qual será o custo da divisão? Quem vai arcar com este custo? Quem herdará a dívida do Estado do Pará? Estas e outras perguntas vão nortear as discussões. “Nosso objetivo é levar informações para a comunidade acadêmica da UFPA em particular e para a sociedade paraense. A realização deste seminário fará com que a UFPA e o Conselho cumpram um importante papel de indução ao debate deste tema e à socialização das informações”, ressaltou.
A programação será aberta pelo reitor da UFPA, Carlos Maneschy, que também vai mediar o debate. Em seguida, cada debatedor terá um tempo de 20 minutos para a exposição dos seus argumentos. Após as explanações, o seminário será aberto para perguntas entre os integrantes da mesa e para perguntas do público aos debatedores.
Debates
A UFPA e o Corecon-PA encerram o semestre letivo com um amplo debate sobre a divisão do Estado do Pará. Para o segundo semestre, estão sendo organizados novos encontros que vão propor a discussão de temas de interesse da sociedade, como a reforma tributária e a reforma política. “A atual gestão da UFPA tem sido muito diligente no cumprimento das funções sociais da Universidade. E, entre essas funções, sem dúvida, está o fomento à discussão de temas fundamentais para o desenvolvimento de uma sociedade”, afirmou Eduardo Costa.
Serviço
Mesa- redonda: “Separatismo: caminho para o desenvolvimento ou panaceia?” no dia 30 de junho, às 9h,  no Centro de Convenções Benedito Nunes – Campus do Guamá – UFPA. (Ascom UFPA)

Nenhum comentário: