Páginas

terça-feira, 12 de julho de 2011

Governador garante apoio para o Círio 2011

Há pouco mais de três meses para o Círio de Nazaré, o arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira, membros da Diretoria da Festa de Nazaré e da Fundação Nazaré de Comunicação se reuniram com o governador Simão Jatene, na manhã desta terça-feira (12), para anunciar alguns detalhes do evento e pedir o apoio do governo do estado para a realização do Círio 2011. “Viemos na verdade ratificar a parceria do governo durante esta festa maravilhosa que é o Círio. Saio desse encontro com a certeza de que poderemos contar com esse apoio. A conversa foi muito boa, ele ouviu nossas reivindicações e se colou à disposição da Arquidiocese”, afirmou Dom Alberto.
O arcebispo também pediu ao governador que faça uma mensagem para ser publicada no Livro de Peregrinações, que terá em torno de 100 mil exemplares e será lançado no próximo mês. “Posso garantir que o governo irá ajudar no limite do possível e pretendo fazer o impossível para contribuir. Além da questão religiosa, o Círio representa algo grandioso do Pará, que é a união e a devoção do povo paraense”, disse o chefe do executivo.
O bispo auxiliar de Belém, Dom Teodoro Mendes, o coordenador da Festividade de Nossa Senhora de Nazaré, César Neves, e a diretora da Fundação Nazaré de Comunicação, Marluce Guerreiro Milhomen, também participaram do encontro. Os membros da diretoria da festa entregaram ao governador o cartaz oficial do Círio 2011, composto por um mosaico de fotos de devotos.
Transmissão
A diretora da Fundação Nazaré expôs ao governador a necessidade expandir a transmissão do Círio de Nazaré. Segundo ela, a cada ano, há um envolvimento maior de emissoras de televisão do Brasil e do mundo, interessadas em cobrir o evento religioso. “No governo passado não tivemos nenhum apoio para a transmissão da festa. Neste Círio queremos contar com a parceria do governo para divulgarmos cada vez mais a festa”. Simão Jatene ouviu todas as reivindicações e em breve terá outro encontro com a diretoria para definir de que forma será dado o apoio do governo. (Agência Pará)

Nenhum comentário: