Páginas

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Diretora denuncia secretário após morte de gêmeos no Pará

A diretora da Santa Casa de Belém (PA), Maria do Carmo Lobato, afastada do hospital depois que uma mulher grávida não foi atendida e perdeu os filhos gêmeos, entrou com denúncia no Conselho Regional de Medicina contra o secretário estadual de Saúde Pública, Helio Franco.
Segundo o filho dela, Guto Lobato, a ex-diretora sentiu-se ofendida por ter sido responsabilizada pelo não atendimento da manicure Vanessa do Socorro Santos, 27.
O governo declarou que ela será exonerada.
Guto Lobato disse que, no início do mês, Maria do Carmo já havia enviado ao secretário um documento apontando a superlotação da UTI neonatal. Mesmo assim, disse que não orientou as equipes a deixar de atender pacientes.
Ontem (23), Vanessa procurou a Santa Casa --vinculada ao governo estadual-- e o Hospital de Clínicas Gaspar Vianna com fortes dores, mas não foi atendida. Ela estava no sétimo mês de gestação, e a gravidez era de risco. O centro de perícias do governo disse ter constatado que os bebês já estavam mortos 48 horas antes do parto.
O secretário Helio Franco disse que tem conhecimento da superlotação, mas afirmou que partiu da direção da unidade a determinação de fechar as portas para emergências. Franco disse ainda desconhecer a denúncia contra ele. (Folha)

Nenhum comentário: