Páginas

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Frentes defendem suas propostas no RBA Debate

Nesta quinta-feira (1º), a RBA promove debate entre as frentes contrárias e favoráveis à divisão do Pará. O plebiscito, que acontece dia 11, pode significar profundas mudanças políticas, sociais e econômicas. Por isso, a Rede Brasil Amazônia de Comunicação promove um programa que vai debater todos os temas que norteiam esta consulta popular e suas consequências.
No domingo (11), mais de 4,5 milhões de eleitores de todo o Pará, sendo 3 milhões de pessoas na Região Metropolitana de Belém, devem ir às urnas decidir o futuro do estado. O plebiscito tem como objetivo consultar a população sobre a divisão do Pará em três Estados: Carajás, que ficaria com 25% do território atual; o Tapajós, com 58%; e o Pará, que ficaria com 17% da área.
O programa terá uma hora e meia de duração, em cinco blocos. Quatro deles serão dedicados a perguntas diretas entre as frentes opositoras e o último reservado às considerações finais.
Todas as regras foram aprovadas por unanimidade por representates das frentes, na segunda-feira (21), com o gerente de jornalismo da RBA, Adil Bahia. “Vamos manter uma tradição de que a RBA promove sempre o debate político de maior interesse público, em qualquer pleito. Este ano não poderia ser diferente”, explica Bahia.
SERVIÇO
RBA Debate – Plebiscito. Nesta quinta-feira (1°), às 22h, na RBA TV (canal 13). (DOL)

Nenhum comentário: