Páginas

sábado, 12 de novembro de 2011

Rumo ao qüinquagésimo dia de greve!

Jaja está de mãos atadas... Todas as medidas administrativas, covardes e judiciais que poderiam ser colocadas em prática contra os professores da rede estadual de ensino, já se esgotaram, até mesmo o terrorismo. Corte do ponto, demissão dos temporários, corte do 13º salário, processos administrativos, prisão de líderes grevistas, abusividade da greve, inquérito policial, redução do ano letivo e assédio moral, mas os mestres estão irredutíveis, e nenhuma das medidas anunciadas os amendontrou. Nem mesmo o casamento de Simão com Conceição daria um ponto final ao movimento, que ganha ainda mais força a cada medida arbitrária do Governo e Judiciário do Pará. 

Nenhum comentário: