Páginas

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Ufpa divulga listão de aprovados nesta quarta

O resultado final do maior processo seletivo já organizado pela Universidade Federal do Pará (Ufpa) será divulgado nesta quarta-feira (04), a partir das 8h. Dos 72.143 inscritos, 6.364 não compareceram no dia 3 de dezembro para realizar a segunda fase do PS 2012 e foram automaticamente eliminados do concurso. Assim, 65.779 pessoas continuam na disputa e aguardam, ansiosas, a divulgação do listão de classificados. 
Com 1.535 vagas a mais do que no ano passado, o PS 2012 oferta 4.072 para cursos na capital e 3.534 para o interior do Estado, somando 7.606 vagas em 180 cursos de graduação. 
Critérios de eliminação e novidades - Os critérios de eliminação dos candidatos foram mantidos em relação aos do ano passado. Os candidatos não podem tirar nota menor que quatro na redação do Enem, nem zerar nenhuma área de conhecimento no Exame e, na prova elaborada pela Ufpa, não podem tirar mais que dois zeros nas disciplinas e devem ter 30% de acerto na avaliação. A mudança mais significativa em relação às regras do concurso diz respeito ao cálculo da nota final para a classificação dos candidatos.
A nota obtida pelos candidatos na prova do Enem, padronizada pelo próprio Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Aluizio Teixeira (Inep), será somada com a nota da prova da Ufpa, padronizada pelo CEPS, e divida por dois. Apenas os candidatos aos cursos de Artes Visuais, Dança, Música e Teatro, os quais devem prestar também um exame de habilidades aplicado pela Ufpa, terão a nota final calculada a partir da média aritmética das notas obtidas nas  três provas. 
DEMANDA POR CURSO
Cotistas - Entre os cotistas, os cinco cursos mais concorridos são Educação Física, com 45.87 candidatos na disputa por metade das 46 vagas ofertadas; Psicologia Matutino, com 39.20 candidatos na disputa por metade das 30 vagas ofertadas; Direito, com 40 vagas e 31.40 candidatos na disputa por uma das 20 reservadas aos cotistas; Psicologia Vespertino, com 30 vagas e 29.33 candidatos por vaga; e Nutrição, cuja concorrência é de 28.55 para a metade das 40 vagas ofertadas. Os cinco cursos são ofertados em Belém.
Não cotistas - Já entre os não cotistas, a maior demanda é para Medicina, com 49.01 candidatos na disputa por metade das 150 vagas ofertadas. Em seguida, vem o curso de Direito, que oferta 40 vagas e tem uma concorrência de 39.50 candidatos para metade do total ofertado. Para completar a lista dos cinco, também em Belém, estão entre os mais procurados os cursos de Psicologia Matutino, com 33.33 candidatos para metade das 30 vagas; Arquitetura e Urbanismo, que oferta 30 vagas e tem 28.73 candidatos na disputa pela metade delas; e Educação Física, sendo 26.17 candidatos disputando metade das 46 vagas ofertadas. 
Campi do interior - No interior, a maior demanda é para o curso de Direito, o qual oferta 40 vagas no Campus de Marabá e tem 25.50 candidatos cotistas na disputa por metade delas e 23.35 candidatos não cotistas. Também em Marabá, vem em seguida o curso de Engenharia de Minas e Meio Ambiente, com 40 vagas, 17.20 candidatos cotistas e 18 não cotistas na disputa. Engenharia Civil é o quarto mais concorrido no interior pelo Campus de Tucuruí, sendo 40 vagas ofertadas, 18.75 cotistas e 15.05 não cotistas na disputa. Em seguida, estão Medicina Veterinária, em Castanhal, e Pedagogia Noturno, em Breves.
Cotas e reservas de vagas - O sistema de cotas do PS 2012 também foi mantido conforme os anos anteriores. Segundo a Resolução nº 3.361, de 5 de agosto de 2005, do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFPA (Consepe), 50% das vagas ofertadas anualmente são reservadas a estudantes que tenham cursado todo o ensino médio em escolas da rede pública de ensino e, destas, 40% são reservadas a estudantes que, no ato da inscrição, se declaram negros ou pardos e optam por concorrer neste sistema de cotas. Dos 72.143 candidatos inscritos, 40.527 concorrem como cotistas e 31.377 como não-cotistas.
A Universidade ainda mantém a possibilidade de criação de duas vagas a mais em todos os cursos de graduação destinadas a candidatos indígenas e uma vaga para candidatos portadores de deficiência. Essas vagas extras só podem ser ocupadas por estes cotistas e, na ausência de inscrição de cotistas, não serão ofertadas, conforme a Resolução nº 3.869/2009. (ascom Ufpa)

Nenhum comentário: