Páginas

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

DIREITO DE RESPOSTA

Em relação ao comentário publicado em seu blog, no último dia 1º de agosto, afirmamos que não existe em desfavor de Edmilson Rodrigues qualquer decisão transitada em julgado que macule a honra do candidato. Edmilson, que foi prefeito de Belém por duas vezes e está no terceiro mandato de deputado estadual, tem uma carreira construída junto com o povo e dedicada à luta por justiça social. Sabemos que, por ser o único candidato a prefeito de Belém com reais chances de vitória nas eleições de 2012, Edmilson torna-se alvo de agressões injuriosas, caluniosas e difamatórias e de ataques pessoais, mas não se pode admitir que tais atitudes desleais extrapolem os limites da responsabilidade e, sobretudo, da verdade, mesmo quando este vierem de comentários de supostos leitores identificados, anônimos ou que se ocultem sob pré-nomes e pseudônimos - o que só demonstra a má fé de seus intentos.

Portanto, em nome da ética, da responsabilidade, do direito de resposta garantido em lei e do restabelecimento da verdade, viemos esclarecer o seguinte: 

- Tão desprovida de seriedade é a peça acusatória acolhida em seu site que, em meio às dezenas de processos listados pelo caluniador, há ações penais no Supremo Tribunal Federal (STF) nas quais Edmilson é autor e não réu. 

- Mente o caluniador quando afirma que Edmilson teve que devolver dinheiro aos cofres públicos por irregularidade em programa da pessoa idosa. O processo em trâmite no Tribunal de Contas do Estado (TCE) refere-se à assinatura de convênio entre o Município de Belém e a Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Renda (Seter), com execução pela Fundação Papa João XXIII (Funpapa). Há recurso de reconsideração, com efeito suspensivo, ainda pendente de decisão. Portanto, Edmilson não foi obrigado a recolher qualquer centavo aos cofres públicos.

- A farsa exposta em seu site inclui vários processos da justiça federal - já arquivados - de execução fiscal para cobrança de multa eleitoral; cartas de ordem para cumprimento de diligências solicitadas pelo STF nas ações penais em que Edmilson é autor; ações do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) referentes ao processo eleitoral, às quais todos os candidatos estão sujeitos; mandado de segurança, que se atrela ao cargo de prefeito e não à pessoa que o exerce; e agravos de instrumento em ação de indenização por danos morais ajuizada por Edmilson, que foi julgada procedente e que condena uma empresa a pagar indenização a Edmilson em razão de publicidade ofensiva.

- Certidão do TCM Pará expedida no dia 22 de março deste ano, assegura que todas as contas da Prefeitura Municipal de Belém, no período de 1997 a 2004, sob a gestão de Edmilson Rodrigues, obtiveram Parecer prévio favorável e expressa recomendação à Câmara Municipal de Belém para APROVAÇÃO das contas. Ressaltamos que a certidão do TCM é assinada pelo presidente da Corte, José Carlos Araújo, que antes de ser conduzido ao cargo de conselheiro, foi destacado quadro político do PSDB, o que torna insuspeita a declaração oficial de que Edmilson Rodrigues tem a ficha limpa.

Edmilson Rodrigues anda no meio do povo de cabeça erguida. Quantos homens públicos podem fazê-lo?

Edmilson é professor, arquiteto, urbanista, doutor em Geografia e operário das causas populares. Ele vive do trabalho honesto: não roubou, não desviou dinheiro público, não enganou o povo de Belém. Por isso, Edmilson lidera, com larga vantagem, as pesquisas eleitorais realizadas por todos os institutos de pesquisa. E, com a força do povo, chegará à vitória eleitoral no próximo 7 de outubro.

Belém, 5 de agosto de 2012

Araceli Lemos
Coordenadora da Frente Belém nas Mãos do Povo (PSOL-PCdoB-PSTU)"

5 comentários:

Anônimo disse...

Etranho..

alí nao vi nenhum processo arquivado e pelos links abertos ele é réu em todos

Anônimo disse...

Isso mesmo.

Em todos os processos listados ele é réu e não autor.

Ele apenas é autor de alguns que pude ver clicando nos links,mas que não estão dentre os listados.

Era de se esperar...

Paulo do Jurunas disse...

Quero ver responder processo por processo.

A verdade é que ha mesmo processos e eles querem esconder.

Renato F. O. Silva disse...

Realmente estranho ele estar presente em tantos processos e mesmo assim declarar limpo perante à justiça.

Anônimo disse...

nos últimos dois meses de governo edmilson a frente da prefeitura municipal de belém em 2004 os postos de saúde estavam sem remédio e salários atrasados precisando até de uma intervenção do Estado do governo simão jatene.isso sim é vergonhoso para alguem que se diz que nada na sua gestão aconteceu de irregular