Páginas

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Prouni: inscrições começam no dia 17 de janeiro

Começam no dia 17 de janeiro as inscrições para o Prouni (Programa Universidade para Todos). Os estudantes poderão ser candidatar a bolsas no site do programa (http://siteprouni.mec.gov.br/) até o dia 21 de janeiro. O cronograma de inscrições e chamadas saiu no “Diário Oficial da União” desta quarta-feira (9). Através do Prouni os estudantes de baixa renda podem conseguir bolsas integrais e parciais em instituições de ensino superior privadas.
As inscrições terão uma única etapa e serão efetuadas exclusivamente pela internet. O processo seletivo do ProUni terá duas chamadas sucessivas.
Chamadas – A divulgação dos resultados estará disponível, também pela internet, nos dias 24 próximo (primeira chamada) e 8 de fevereiro (segunda).
Para se inscrever na primeira edição de 2013 do ProUni, o candidato deve ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas. Precisa ainda ter tirado nota na redação que não tenha sido zero. No momento da inscrição, o estudante deve informar o número de inscrição e a senha do Enem de 2012 e o número no Cadastro de Pessoa Física (CPF).
Criado pelo governo federal em 2004 e institucionalizado pela Lei nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005, o ProUni oferece a estudantes brasileiros de baixa renda bolsas de estudos integrais e parciais (50% da mensalidade) em instituições particulares de ensino superior que ofereçam cursos de graduação e sequenciais de formação específica. Podem fazer a inscrição os egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular, estes na condição de bolsistas integrais da própria escola.
Quem concorre
Para concorrer à bolsa integral, o candidato deve comprovar renda familiar por pessoa de até um salário mínimo e meio (R$ 1.017). Para as bolsas parciais, a renda familiar deve ser de até três salários mínimos (R$ 2.034) por pessoa.
Para os concorrentes à bolsa parcial, há ainda os benefícios do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O estudante pode custear os outros 50% da mensalidade, sem a necessidade de apresentação de fiador. Para isso, é necessário que a instituição para a qual foi selecionado tenha firmado termo de adesão ao Fies e ao Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (Fgeduc).
O ProUni já atendeu, desde a criação até o processo seletivo do segundo semestre de 2012, mais de 1 milhão de estudantes — 67% com bolsas integrais.
(Blog do Lucas Nogueira com informações do MEC).

Nenhum comentário: