Páginas

sexta-feira, 14 de junho de 2013

A tragédia que se repete na Santa Casa

Um funcionário da Santa Casa de Misericórdia do Pará, que trabalha na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal, denunciou ao Sindicato dos Médicos (Sindmepa) a morte de 25 bebês nos últimos 12 dias no hospital. A Secretaria de Estado de Saúde (Sespa) confirmou as mortes nesta sexta-feira (14), em entrevista coletiva em Belém.  O secretário de saúde, Hélio Franco, alegou que os óbitos ocorreram pelo nascimento prematuro dos bebês, que teriam peso abaixo de 1,2 Kg.

Nenhum comentário: