Páginas

segunda-feira, 22 de junho de 2015

A duvidosa prioridade da prefeitura de Belém

A crise econômica expande-se de forma avassaladora pelos mais variados setores da economia brasileira. É natural que estados e municípios também estejam sendo atingidos pela mesma, já que nossa política econômica é integrada. Assim, há um menor volume de recursos federais sendo repassados para os entes estaduais e municipais. O que fazer? Ter prioridade na aplicabilidade dos recursos.

Contudo, o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, demonstra desconhecer as prioridades de nossa cidade. Sou católico, devoto da Virgem de Nazaré, mas acredito que a nova calçada em frente à Basílica Santuário, no valor de quase meio milhão, não era prioridade. Muitos menos o recapeamento de ruas com asfalto em bom estado e a substituição de postes de iluminação sem necessidade. Qual será a próxima duvidosa prioridade da prefeitura de Belém?  

Nenhum comentário: