Páginas

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Comércio gera mais emprego formal no Pará

O setor do comércio no Pará, puxado pelo varejo, foi o que mais gerou empregos entre os Estados da região Norte. No período de janeiro a julho deste ano, o saldo positivo de empregos formais na comparação entre admitidos e desligados, foi de quase 70%.
Foram feitas no mês, em todo o Pará, 7.008 contratações contra 5.673 desligamentos, gerando um saldo positivo de 1.335 postos de trabalhos, este saldo representa um crescimento de 0,83% no emprego formal no setor do comércio no mês de julho em relação a junho de 2010.
No mesmo período do ano passado (julho/2009), o setor também apresentou saldo positivo de empregos formais, entretanto o quantitativo de postos de trabalhos gerados foi menor do que o verificado este ano. Em julho/2009 foram realizados em todo Pará um total de 5.560 contratações contra 4.955 desligamentos, gerando um saldo positivo de 605 postos de trabalhos.
Na análise setorizada feita pelo Dieese/PA para o mês de julho de 2010, tanto o Comércio Varejista quanto o Comércio Atacadista apresentaram um crescimento de empregos formais.
No Comércio Varejista foram feitas neste setor 5.812 admissões contra 4.794 desligamentos gerando um saldo positivo de 1.018 postos de trabalhos com um crescimento de 0,75%.
Já no Comercio Atacadista, no mesmo período, foram feitas em todo o Estado 1.196 admissões contra 879 desligamentos gerando um saldo positivo de 317 postos de trabalhos com um crescimento de 1,24% no emprego formal.
Depois do Pará, seguem os Estados do Roraima com um crescimento de 0,61% e um saldo positivo de 68 postos de trabalhos; Estado do Amazonas com um crescimento de 0,56% e um saldo positivo de 405 postos de trabalhos; Estado do Tocantins com um crescimento de 0,47% e um saldo positivo de 169 postos de trabalhos; Estado de Rondônia com um crescimento de 0,42% e um saldo positivo de 261 postos de trabalhos; Estado do Acre com um crescimento de 0,41% e um saldo positivo de 71 postos de trabalhos e o Estado do Amapá com a geração de 61 postos de trabalhos e um crescimento no emprego formal de 0,32%.
Em toda a região Norte no mês de julho/2010 no setor do comércio, foram feitas 18.145 admissões contra 15.775 desligamentos gerando um saldo positivo de 2.370 postos de trabalhos com um crescimento do Emprego Formal no Setor de 0,62%.
O Balanço do Emprego Formal no Setor Comércio no Pará foi efetuado pelo Dieese/PA, com base em dados oficiais do Ministério do Trabalho – CAGED. (Blog do Lucas Nogueira, com informações do Dieese/PA)

Nenhum comentário: