Páginas

terça-feira, 28 de junho de 2011

PT pede à PGR abertura de inquérito para investigar senador tucano‎ paraense

O presidente do PT nacional, Ruy Falcão, apresentou hoje (28) uma representação contra o senador Mário Couto (PSDB-PA) na Procuradoria-Geral da República (PGR). Falcão quer que Couto seja investigado por supostamente comandar um grupo que desviou verbas públicas da Assembleia Legislativa do Pará.
A denúncia foi baseada no relatório apresentado pela comissão externa da Câmara dos Deputados que tem acompanhado as investigações sobre o tema na assembleia legislativa paraense. O presidente da comissão, deputado Cláudio Puty (PT-PA), acompanhou o presidente petista na entrega da representação.
Mário Couto nega envolvimento no caso e diz que a representação é uma “guerra política”. “O MP [Ministério Público] do Pará está apurando. Hoje, saíram [os nomes dos] indiciados penais. Meu nome não está entre eles”, afirmou o senador.
Após reunião com integrantes de seu partido, ele disse que deve comparecer à PGR para falar sobre o assunto. “Nós vamos até à procuradoria mostrar que eles estão tentando fazer uma denúncia em cima do nada. Quem tem que investigar isso é o Ministério Público do Pará, para o qual eu me ofereci para prestar esclarecimentos sem foro privilegiado. Mas o MP não julgou necessário”, completou Mário Couto.(Agência Brasil)

Nenhum comentário: