Páginas

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Caos na Segurança Pública do Estado será tratado em reunião com entidades de servidores públicos

A Segurança pública no Estado, vista pelos servidores públicos estaduais e a forma equivocada como o governo a tem conduzido, será o tema da reunião, que ocorrerá no próximo dia 17 de outubro, às 16 horas, na sede do SINTEPP.
 Promovida pela Associação dos Concursados do Pará - ASCONPA, a reunião terá a participação do Sindicato dos Delegados da Policia Civil do Pará - SINDELP-PA, do Sindicato dos Servidores Públicos do Estado do Pará - SEPUB-PA, e de um representante da OAB-PA.
 Participam também da reunião, dezenas de candidatos ao cargo de Delegado, do Concurso Público C-149, promovido pela Polícia Civil do Estado, que, apesar de possuírem liminares favoráveis às suas nomeações, concedidas por juízes de Primeiro Grau do Tribunal de Justiça do Estado - TJE-PA, foram ignorados pelo governo. Os candidatos fazem parte de um grupo que juntamente com a Asconpa, intentará Ação Civil Pública, com o objetivo de anular o concurso C-149, em decorrência de inúmeras irregularidades já comprovadas e denunciadas.
 Será impetrada também uma Ação Civil para apurar os atos de improbidade praticada por autoridades envolvidas na concessão de privilégios para alguns candidatos, dentre eles, parentes de autoridades do governo, em detrimento de outros, desobedecendo a ordem de convocação.
 Outra questão a ser tratada na reunião será sobre as demissões de agentes penitenciários da SUSIPE, feitas pelo governador Simão Jatene, sem a devida apuração dos verdadeiros responsáveis pelas falhas de segurança na Colônia Agrícola Heleno Fragoso, onde uma adolescente foi barbaramente violentada por presidiários do sistema penitenciário estadual. Segundo o SEPUB-PA, o governo não responsabilizou a todos os envolvidos, poupando o secretário de Segurança do Estado, mas exonerando trabalhadores.
 Também serão apresentados detalhes da Ação Civil movida pelo SINDELP-PA, que tenta impedir abertura de novo Concurso Público para a Segurança Pública do Estado, sem que, antes, sejam oferecidos melhores condições de trabalho e remuneração aos policiais.
 Participarão da reunião, o presidente da ASCONPA, José Emílio Almeida, o ouvidor geral da Ordem dos Advogados do Brasil - OAB-PA, Dr. Oswaldo Coelho, o presidente do Sindicato dos Delegados da Policia Civil do Pará - SINDELP-PA, Delegado João Nascimento Moraes e o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Estado do Pará - SEPUB-PA, Carlos Esdras de Almeida.
 José Emílio Almeida

Nenhum comentário: