Páginas

domingo, 16 de outubro de 2011

Greve dos professores da rede pública continua

Após 19 dias com as aulas suspensas (cumprindo os 50% determinados pelo Juiz Elder Lisboa), os professores da rede pública do Estado do Pará continuam em greve por tempo indeterminado. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará – SINTEPP, não houve nenhuma proposta do Governo para pagar o Piso Salarial Nacional decretado pelo STF em agosto deste ano.
Como parte da extensa agenda desse período (atos públicos, audiências e assembleias) o sindicato realizada uma coletiva de imprensa amanhã (17), às 10h na sede do sindicato. O objetivo é esclarecer aos pais, alunos e sociedade em geral as dúvidas sobre o PCCR, Piso Salarial Nacional e outras reivindicações dos trabalhadores em educação do Pará.
"É importante que a sociedade entenda os motivos que levaram professores e funcionários de escola a aderir à greve, o SINTEPP está dialogando com o governo desde o início deste ano e até o momento nada foi feito para valorizar o profissional da educação", diz a nota enviada pelo SINTEPP à imprensa

Nenhum comentário: