Páginas

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Sabatistas farão PS 2012 em horário especial

Exatos 1.145, dos 72.138 candidatos inscritos no Processo Seletivo da Universidade Federal do Pará (PS 2012) participarão do exame em horário diferenciado no próximo sábado, 3 de dezembro. Os candidatos sabatistas que, por motivos religiosos, não podem participar da seleção no horário marcado, das 14h às 18h, farão o exame das 18h às 22h. Apesar disso, eles também precisam estar nos locais de prova antes das 14h, quando os portões serão fechados.
Números - A maior quantidade de sabatistas faz prova em Belém. São 583 candidatos que participam da prova no Campus II da Universidade do Estado do Pará (UEPA) localizado na Travessa Perebebuí, ao lado do Bosque Rodrigues Alves. Além deles, 30 sabatistas fazem o PS 2012 na Escola Teodora Bentes, em Icoaraci. O segundo maior grupo, 108 candidatos sabatistas, estará em Ananindeua, na Escola Estadual Doutor Agostinho Monteiro, localizada no Conjunto Cidade Nova II, na Travessa WE 16. O terceiro maior número de sabatistas faz o exame em Marabá: 72 candidatos.
As salas reservadas para os sabatistas abrigarão até 30 candidatos, mas em 14 dos 25 municípios onde acontece a prova, as salas estarão com um número de candidatos menor, devido à pequena quantidade de sabatistas inscritos. Já nos municípios de Jacundá, Senador José Porfírio e Anajás, nenhum sabatista foi identificado.
Atendimento diferenciado – O modelo de prova para os candidatos sabatistas, com retiro, é o mesmo utilizado pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os candidatos sabatistas chegam aos locais de prova junto com os demais, porém ficam em retiro, em salas diferenciadas, até as 18h, horário em que poderão realizar a prova. “Sabemos que é cansativo, mas foi uma opção feita pelos candidatos, por motivo religioso e precisávamos respeitar isso”, considera Marilucia Oliveira, diretora do Centro de Processos Seletivos da UFPA (Ceps). Os candidatos tiveram até 14 de novembro para solicitar o horário especial de realização da prova.
A diretora do Ceps explica que, embora tenham direito a ter sua religião respeitada, os sabatistas não poderiam ser beneficiados em detrimento dos demais. “Eles precisam ter igualdade de tratamento. Por isso, assim como os demais têm até às 14h para se prepararem para a prova e, após este período, não poderão consultar materiais de estudo, materiais de leitura ou qualquer outro material que os demais não poderão ter acesso. Eles também devem estar nos locais de prova até às 14h e não poderão ter contato com ninguém, inclusive uns com os outros, durante o retiro ou a realização do certame”, explica Marilucia Oliveira.
Segundo o Ceps, os candidatos em retiro também serão tratados como os demais e só poderão ter acesso a bebedouros e banheiros acompanhados por fiscais. Assim como os demais, devem se apresentar aos locais de prova com o cartão de inscrição, documentos oficias de identificação com foto, canetas e, se desejarem, alimentos. Materiais didáticos e de leitura e equipamentos eletrônicos, inclusive relógios digitais, serão recolhidos antes das 14h.(Ascom UFPA)

Nenhum comentário: