Páginas

domingo, 9 de junho de 2013

Ato público pede fim da violência contra os animais

O prefeito de Santa Cruz do Arari, na ilha do Marajó, Marcelo Pamplona (PT) que é acusado de oferecer dinheiro aos moradores para caçar cachorros na cidade e posteriormente ordenar o seu extermínio, vai ficar eternamente arrependido de seu ato criminoso, pois as manifestações pedindo agilidade na apuração do caso e a própria condenação do prefeito não param de crescer.
Neste domingo (09), na Praça da República, em Belém, foi realizado um ato público para cobrar a punição dos responsáveis pela matança de cães que foi notícia nacional. A ação foi uma parceira entre várias ONGs de protetores de animais da capital.
Durante o evento houve a arrecadação de ração e vasilhas para ajudar os mais de cem cães que sobreviveram ao massacre, sendo resgatados por ribeirinhos. Além da realização de uma caminhada que percorreu as principais ruas de Belém, que contou com a presença e apoio dos atores globais: Bruno Gagliasso, Giovanna Ewbank e Fiorella Matheis. Valeu à pena Pamplona?
Foto: Wesley Costa/ Ag.News







Foto: Reprodução/Instagram
Também como parte da ação, a população pode assinar a petição pública que pede a punição dos 
responsáveis pelo crime. O documento ainda pode ser assinado online no endereço eletrônico: http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2013N41062

Nenhum comentário: