Páginas

sábado, 25 de abril de 2015

Lentes embaçadas!

Nesta sexta-feira (24), os telejornais locais noticiaram que a erosão já destruiu parte da orla do campus da Universidade Federal do Pará (UFPA), no bairro do Guamá, em Belém. A notícia poderia passar despercebida diante do telespectador desatento, mas uma reflexão é válida, já que no mesmo campus funciona o Instituto de Geociências da instituição, um dos mais renomados do país.
O ditado popular: “casa de ferreiro, espeto de pau”, nunca fora tão adequado, ante o episódio. Mas as incoerências vão muito além do que podemos imaginar... Como pode um restaurante universitário, que fornece 4,8 mil refeições ao dia, despejar diretamente na Baía do Guajará, sobras de alimentos, gordura e sabão líquido?
Vale lembrar, que na universidade, funciona a faculdade de Engenharia Sanitária e Ambiental, com conceitos máximos de avaliação pelo Ministério da Educação. Ao que tudo indica as lentes de visão estratégia e autocrítica da administração superior da Universidade Federal do Pará, estão embaçadas e necessitam com urgência de limpeza e bom senso.

Nenhum comentário: